20/07/2017 06:49

COMUNIDADE LOCAL COLHE OS FRUTOS DE SEDIAR OS JOGOS

Fotos Crédito: Ricardo Morante/ Ciro Alves

Fonte: http://www.jogosdajuventude.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=6303

Sediando pela primeira vez uma competição oficial, o município de Florestópolis colhe os frutos de receber as 21 delegações dos municípios participantes da Fase Regional da 30ª edição dos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPs). A competição começou na sexta-feira (14) e segue até a quinta-feira (20). 

Um dos setores que mais sentiu os benefícios da chegada dos atletas foi o comércio. Segundo o proprietário de uma das pizzarias da cidade, Anderson Luiz Rosa, o aumento no fluxo de clientes superou as expectativas. “Em períodos normais não abrimos nas segundas, porém como percebemos o intenso movimento de pessoas de outros municípios, resolvemos manter aberta hoje (17)”, disse. Outros locais como bares, padarias, hotel e supermercados tiveram suas vendas ampliadas em virtude da presença de aproximadamente 1,1 mil pessoas de outras localidades. 

Outro ponto positivo foi à recuperação das praças esportivas. A Quadra a Poliesportiva Valdemar Caldeira (Caldeirão) e o Ginásio de Esportes, foram reformados para abrigar os jogos e devem permanecer abertos às atividades da comunidade. “Sabíamos que o poder público tinha projetos para revitalizações, porém com a vinda dos JOJUPs estes trabalhos foram acelerados”, disse o coordenador do Projeto Crescer, Claudemir Caldeira. O trabalho social desenvolve a modalidade de handebol com atletas de 7 a 17 anos. 

O coordenador técnico do JOJUPs, Vitor Martinez, afirmou o interesse da Secretaria de Estado do Esporte e Turismo (SEET) em demonstrar aos gestores municipais a importância de receber as competições oficiais do Paraná. “Existem as exigências, o caderno de encargos, mas os prefeitos não devem observar apenas o ônus para a realização. É preciso enxergar estes pontos positivos para a cidade sede”, comentou.


Apesar dos Jogos da Juventude do Paraná serem promovidos pela SEET, fica evidente a característica Inter setorial do evento. O coordenador do JOJUPs, Vitor Martinez, lembrou o apoio da Secretaria de Educação do Paraná, que se envolve diretamente com a competição por meio dos diretores e diretoras dos Colégios Estaduais onde as delegações são alojadas. “São dedicados ao trabalho e se esmeram para acomodar da melhor forma os visitantes”. As escolas municipais também são utilizados como alojamentos.

Martinez ainda citou a presença da Secretaria de Segurança Pública estadual. “Sempre temos o apoio das Polícias Civil e Militar, por meio do policiamento ostensivo, oferecendo segurança aos atletas, dirigentes e a população em geral”. O coordenador ainda lembrou que todas as praças esportivas foram vistoriadas pelo Corpo de Bombeiros dando tranquilidade na realização da competição. 

Projeção do Município...

Durante todas as disputas, o público compareceu e torceu de forma ordeira. Além disso, algumas instituições locais tiveram projeção em nível regional. A Banda Municipal de Florestópolis (Bamuflor) participou da cerimônia de abertura e deu um show. A apresentação rendeu convites para outros eventos, entre eles a presença na abertura da Fase Final dos Jogos Escolares do Paraná (JEPs), Categoria B, em Cambé.

O envolvimento da comunidade também é um fator a ser destacado. Um das situações que mais chama a atenção é a tocha utilizada para a condução do fogo olímpico. O artefato foi confeccionado manualmente por um artista plástico local, Diego da Silva Galhardo, especialmente para o momento. O projeto foi realizado em aço carbono e solda e nasceu inspirado na bandeira do município, por trazer fixado ao longo do objeto, ramos de café estilizados. "No início do projeto a ideia era um pouco diferente em relação às formas utilizadas, porém o processo criativo acabou indicando outros caminhos".


Estas peculiaridades demonstram a dedicação dos cidadãos florestopolenses ao evento. “Quando nos propomos a sediar esta etapa dos JOJUPs não tínhamos noção do quanto este momento faria bem para a cidade. A movimentação da economia local e a projeção do município no cenário regional por coisas nossas, como a Bamuflor, fortalecem o orgulho da população em residir aqui. Os JOJUPs resgataram o carinho pela nossa terra”, afirmou o prefeito local, Nelson Correia Júnior. 

O chefe do escritório regional da Secretaria de Estado de Esporte e Turismo (SEET), Adalberto Dhener, ressaltou a importância dos Jogos atenderem os interesses do estado e também dos municípios. “Queremos que as cidades sedes também sejam beneficiadas. É uma parceria com o intuito de beneficiar a todos”, comentou Adalberto. Os Jogos da Juventude do Paraná são promovidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte e Turismo, com apoio do município de Florestópolis.

 

Matéria e fotos: : Ricardo Morante

Fonte:  http://www.jogosdajuventude.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=6303